SSL é uma sigla para Secure Sockets Layer. Trata-se de uma ferramenta que faz a criptografia dos dados trocados em uma página na web. Isso garante a segurança das informações pessoais do cliente. Portanto, é essencial que o seu website tenha o certificado SSL. Isso porque ele influencia no tráfego, na confiança de novos usuários e também no ranqueamento em mecanismos de busca. Além disso, a partir de julho deste ano, o Google Chrome deixará evidente os portais que o possuem. O que faz com o que os potenciais clientes julguem os sites antes de iniciar uma navegação.

Tipos de certificado SSL

Existem três principais tipos de certificação SSL. É preciso que você escolha aquele que melhor se adequa ao seu negócio. Elas são a Validação de Domínio, de Organização e Estendida.

Segundo uma publicação da Hostgator, o primeiro apresenta nível de segurança básico e é o mais conhecido. Sua função é validar o nível de confiança do domínio. É recomendado para pequenos sites e blogs pessoais. Já a Validação da Organização é considerada intermediária. Ela faz a validação do domínio e das informações da organização. Ou seja, apresenta também dados sobre a empresa portadora do domínio. Com isso, fica comprovada a existência física da empresa. Sua indicação é para sites de empresas e e-commerces de médio porte.

Recomendado para grandes empresas e lojas virtuais, o certificado estendido é o mais completo. Para ele, é feito um exame da empresa e do site. O que fica evidente desde a URL, em que aparece o nome inteiro da empresa.

Como conseguir o seu

O portal Tecmundo ensina a adquirir o certificado SSL em três passos:

  • É preciso gerar um CSR do seu certificado digital: o Certificate Signing Request é um arquivo de texto criptografado gerado pelo servidor do site. Nele, estão informações para solicitar o SSL. Os dados necessários para o CSR são a URL em que o certificado será utilizado, o nome da empresa igual ao CNPJ, setor da empresa, cidade, estado escrito por extenso e país com dois caracteres.
  • Solicite o certificado: quando o CSR estiver pronto, avalie as opções de serviço disponível e escolha a que melhor para seu caso. Com a solicitação feita e o pagamento realizado, confirme a validação do certificado.
  • Instale o certificado no servidor: ao receber o certificado, basta instalar. O servidor varia de acordo com o usuário. Por isso, verifique o servidor que o site está hospedado. Instale adequadamente. Para assegurar os usuários, é possível instalar um selo de segurança na página principal.

 

O que acontece quando o navegador entra em um portal com SSL

Segundo informações do portal Web Security, a identificação de um servidor seguro ocorre em cinco passos. O usuário não percebe essa movimentação. Contudo, o Google Chrome avisa sobre a segurança do portal. Entenda o que acontece:

  • Um navegador tenta se conectar com um website assegurado com SSL.
  • O navegador pede para que o servidor se identifique.
  • O servidor, então, envia ao navegador uma cópia do certificado SSL.
  • O navegador checa se o certificado é confiável. Em caso positivo, ele envia uma mensagem ao servidor.
  • Por fim, o servidor retorna com um reconhecimento assinado digitalmente e se inicia uma seção encriptografada em SSL.