Nos últimos anos, você já deve ter ouvido sobre mudanças que o meio digital trouxe para o marketing e a forma de vender produtos e serviços. Mas esse tal de Inbound Marketing, o que é? Se fôssemos traduzir o termo, seria algo como marketing de atração. Diferentemente do marketing tradicional, ele faz com que os clientes busquem a marca e não o contrário.

A mudança era necessária, porque a internet mudou o mundo e mudou o comportamento do consumidor de diferentes formas. Primeiro, hoje compramos qualquer coisa sem sair de casa. Segundo, é muito mais fácil conhecer as empresas. E o que mais mudou para nós, profissionais de marketing: hoje o consumidor chega para a compra já sabendo tudo sobre o produto, o concorrente o os feedbacks. Essa educação do consumidor mudou até o treinamento de vendedores em loja. A questão é que precisávamos ir muito além da adaptação. Portanto, precisamos desenvolver novas formas de atrair os clientes.

Outbound vs. Inbound

Para explicar o que mudou, vamos lembrar como era. Antigamente, não muito tempo atrás, a propaganda era feita pela televisão, rádio, outdoors e anúncios em jornais e revistas. Ninguém escolhia ver propaganda. Então, quando você menos esperava vinham “pôneis malditos” no intervalo de jogos de futebol e a Xuxa usando óleo corporal no meio da novela. Não existiam muitas outras formas de mostrar o produto aos possíveis clientes. E, por incrível que pareça, essa é uma fase do marketing em que os profissionais já pensavam bem mais no consumidor.

O Inbound marketing faz o oposto disso. Trata-se de produzir conteúdo que o cliente queira ver. É sobre criar vídeos que o cliente venha a procurar, começar um blog com textos que a persona julgue útil e compartilhar posts verdadeiramente interessantes.

Como funciona

Mas como que a gente consegue vender apenas produzindo conteúdo interessante? Funciona assim, você tem uma buyer persona (entenda melhor neste vídeo). Ela tem seus problemas. Pela pesquisa online por possíveis soluções. Ela encontra o seu conteúdo. Você tem que ajudar a persona a identificar o problema, encontrar formas de resolvê-lo, e mostrar o porquê de o seu produto ou serviço ser a melhor solução. Esse trajeto, é a jornada de compra, que também é desenhado como um funil de vendas.

Para que funcione, é essencial que você tenha total consciência das necessidades do seu público e mantenha todo seu material atualizado. Utilize das redes sociais, e-mail marketing, um bom website e uma ótima conexão entre equipe de vendas e marketing. Confira aqui formas de atrair mais visitas para o seu website.