Com a chegada e ascensão de todas as redes sociais que conhecemos e com todos os problemas que já tivemos com spam, é normal acreditar que o e-mail deixaria de ser tão usado. Claro, hoje dificilmente abrimos nossa caixa de entrada procurando por notícias de familiares e amigos. A utilidade principal mudou, mas ainda assim usamos diariamente. E é por isso que devemos acreditar no e-mail marketing.

Então, a resposta é “sim”. E-mail marketing funciona mesmo! Quer mais uma razão para investir nisso? Um estudo da Radicati Group, empresa americana focada em pesquisas sobre e-mails, mostrou que o número de e-mails recebidos e enviados em 2018 chega a 281 bilhões. Esse número deve chegar a 333 bilhões até 2022. Além disso, o número de usuários de e-mail deve chegar a 2,9 bilhões até o ano que vem, número que também parece crescer. Ou seja, as pessoas ainda usam e confiam nos e-mails.

Tipos de E-mail Marketing

Quando falamos de e-mail marketing, existem diferentes tipos que podem ser enviados, de acordo com o propósito. Independentemente do tipo, é preciso definir com antecedência, em coerência com o estabelecido como buyer persona, o melhor horário e dia, a linguagem, e a estrutura dos conteúdos a serem enviados. Todos usam e-mails, mas o comportamento dentro disso pode e varia de pessoa para pessoa. Os modelos mais comuns e que funcionam são:

  • Newsletter: como o próprio nome já diz, esse e-mail vai trazer um conteúdo novo. Se você tem um blog, use a newsletter para divulgar. Coloque links levando ao blog e ao site institucional. Lembre-se de mandar apenas o que for relevante para sua persona.
  • Promocional: sempre que você tiver algum tipo de promoção, informe seus clientes por e-mail. Nem sempre estamos atento às redes sociais e é difícil acompanhar. Se a pessoa está na sua base, é porque ela quer ter acesso a esse tipo de informação.
  • Boas-vindas: assim que converter um lead, dê as boas-vindas, explique sobre o tipo de conteúdo que a pessoa passará a receber e fale da sua empresa. Tenha neste e-mail todas as suas informações de contato e links para seu site e redes sociais.
  • E-mail transacional: este é mais usado para quem tem um e-commerce. O e-mail é essencial para informar a confirmação de pagamento, quando o produto será enviado. Use também para estabelecer um canal de comunicação em que o cliente pode confiar e utilizar para tirar suas dúvidas.

A ideia de todos eles, e de qualquer outra forma que você escolha para utilizar o e-mail marketing, é criar um canal de relacionamento. É sobre informar, educar e nutrir o seu lead com conteúdo de qualidade. Nem sempre vai ter alguém comprando após cada e-mail. O objetivo nem é esse. O propósito é criar essa relação para que o lead se lembre de você quando for efetivamente fechar negócio.