Para que sua empresa tenha resultados positivos com o marketing digital é essencial definir um público-alvo e, a partir dele, criar uma persona. É importante deixar claro que, público-alvo e persona não são a mesma coisa. Veja por quê:

O que é o público-alvo?

Quando falamos em público-alvo estamos nos referindo a uma grande quantidade de pessoas, que podem se interessar por determinados produtos ou serviços. Para definir o público-alvo, deve-se levar em consideração as informações demográficas e socioeconômicas dessa parcela de pessoas, bem como comportamentos e hábitos de consumo.

Exemplo: imagine que você tenha uma loja de joias: seu público-alvo poderia ser composto por mulheres, de 23 a 50 anos, graduadas, com renda entre 3 e 7 mil reais, vaidosas, que compram joias a cada 2 meses.

O que é uma persona?

Diferentemente do público-alvo, que abrange grande número de pessoas, a persona é algo mais direcionado, é aquele cliente ideal para o negócio.

Para defini-la, é preciso se aprofundar em pesquisas e realizar um trabalho detalhado. Isso porque a criação de uma persona é baseada em fatos reais e, além de levar em consideração seus comportamentos e características demográficas, deve-se criar uma história pessoal com motivações, objetivos, desafios e preocupações desse cliente ideal. Portanto, é importante deixar bem claro quais são suas características físicas e emocionais.

Exemplo: vamos usar novamente a situação anterior: Lívia tem 27 anos, é formada em administração, trabalha em uma multinacional e precisa estar com a aparência impecável. Além de ser muito vaidosa e sempre caprichar no visual. Lívia se sente realizada quando está usando belas jóias.

Percebeu a diferença? O público-alvo é mais amplo, enquanto a persona é mais específica.

Como definir uma persona?

Agora que você já sabe o que é uma persona, chegou o momento de aprender a defini-la.

Analise o padrão dos seus clientes recorrentes, aqueles que compram seus produtos e serviços, acompanham a sua empresa nas redes sociais e acessam o seu site e/ou blog.  Depois de descobrir quem são os seus compradores, descubra também porque eles usam os seus produtos ou serviços. Por fim, pergunte-se: “ quais são as minhas expectativas em relação a eles? A partir daí, você pode começar a criar a sua persona.

Antes, responda às seguintes perguntas:

  • Quem é o seu potencial cliente?
  • Qual tipo de assunto sobre o seu setor é interessante para ele?
  • Quais são as atividades mais comuns que ele realiza (tanto pessoal quanto profissionalmente)?
  • Qual seu nível de instrução? Quais seus desafios e obstáculos?
  • Que tipo de informações ele consome e em quais veículos?
  • Quais são seus objetivos, suas dificuldades e desafios?
  • No caso de produtos B2B, qual é o tipo de empresa que compra a sua solução? E qual o cargo de quem fecha o negócio?
  • Quem influencia suas decisões?

É interessante criar essa persona seguindo, pelo menos, algumas informações básicas:

  • Nome;
  • Sexo;
  • Idade;
  • Cargo/Ocupação;
  • Ramo de atividade;
  • Nível de escolaridade;
  • Meios de comunicação que ela utiliza;
  • Objetivos da persona;
  • Desafios que ela encontra no dia a dia.

Depois de criar a persona ideal para o seu negócio, a sua empresa está pronta para implementar o marketing digital e se comunicar de forma mais assertiva com os potenciais clientes.

Se ainda restar alguma dúvida, estamos à disposição para te ajudar. Fale aqui sem compromisso com um de nossos especialistas.

Fique sempre atento aos conteúdos postados em nosso blog. Assine nossa News e acompanhe diversos conteúdos que irão te ajudar a desenvolver estratégias de marketing digital para sua empresa.

Aproveite também para conhecer nossos materiais educativos.