2 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 2 2 Flares ×

Aprenda a montar um bom briefing

Já falamos aqui no blog sobre a importância do briefing, porém, hoje vamos falar do BRIEFING DE CRIAÇÃO: é aquele em que o ATENDIMENTO busca as informações com o cliente e após definir qual campanha fazer, vai focar na realização das peças/artes que será feito pelo departamento de CRIAÇÃO. Há alguns anos trabalhando dentro de agências, vejo cada vez mais o quanto é primordial um bom briefing para a elaboração de peças publicitárias.

Quando for fazer um, não pense em resumir as ideias, quanto mais detalhes melhor. O principal objetivo é fornecer todas as informações necessárias para o job ser realizado com sucesso, cumprir todas as exigências e ter bons resultados.

bom briefing

bom briefing

Alguns passos antes da definição do briefing devem ser executados:

ATENDIMENTO: absorve as necessidades do cliente e sugere algumas ações como solução;

BRAINSTORM: o Atendimento leva a ideia para a agência e define junto com outros departamentos quais ações serão realizadas;

CLIENTE: aprova as ações e budget;

ATENDIMENTO: solicita as peças para a Criação. Aí que entra o homenageado de hoje: O BRIEFING 😊

O briefing ideal deve responder à algumas perguntas importantes e vou falar um pouquinho delas aqui embaixo:

  1. Qual peça será criada?

Devemos explicar como serão as peças para esse job; por exemplo: se é um banner para Google Display, se é um banner físico, um folheto, um outdoor ou até um post para redes sociais, etc.

  1. Qual campanha a peça se refere?

É importantíssimo que a Criação saiba de qual campanha a peça se refere, para poder seguir a mesma comunicação que foi definida em todas as peças da campanha.

  1. Qual o formato da peça?

O tamanho da peça a ser feita é essencial. A Criação precisa saber qual o espaço que ela tem para colocar todas as informações que o Atendimento está solicitando. Por exemplo: para fazer uma arte para redes sociais, devemos nos atentar para os 20% de texto na imagem, acima disso, o Facebook não irá aprovar o anúncio.

DICA: para verificar se há os 20% de texto, clique aqui.

O Facebook disponibiliza essa ferramenta e ainda explica direitinho o que significa cada sinal:

  1. Passar uma ideia da peça

É importante dizer aqui se a Criação deve seguir uma ideia de peça já definida (cores, texto, formato) ou se a criação é livre. Muitas vezes o Atendimento e o cliente não tem ideia da peça e isso pode ser discutido junto com a Criação.

  1. Texto e informações necessárias na peça

O Atendimento deve passar todas as informações que devem conter na peça, como logomarca, preços, telefones, assim como deve saber se alguma informação deve chamar mais atenção que outra. Isso precisa ser dito para a Criação saber como fazer a diagramação.

  1. O que não pode conter na peça

Se tiver algum ícone, imagem ou informação que não pode aparecer de jeito nenhum na peça. Informe para a Criação. Por exemplo: não pode utilizar a cor rosa ou roxa, não deve conter splashs ou fotos de banco de imagem, etc.

Lembrando que o Atendimento é o responsável por conseguir passar tudo de forma clara e detalhada. Com todas essas informações, é possível que a Criação consiga executar todo o job apenas seguindo os itens respondidos acima.

Espero que o conteúdo tenha sido útil para você!

Até mais! 😉