0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Organize eu Fluxo de Automação de Marketing

Que o Inbound Marketing é uma tática infalível de marketing já está bem claro e o principal motivo disso, é o fato de você poder criar um fluxo de automação de marketing usado para se relacionar com seu consumidor, fazendo com que ele evolua dentro de uma jornada de compra até estar pronto para adquirir seu produto ou serviço.

Ok, parece fácil. Mas não é! 🙁

O grande desafio para que o Inbound Marketing seja de fato infalível, é saber criar um fluxo de automação que faça sentido e que traga os resultados esperados.

Fazer uma automação de marketing sem um planejamento estruturado ou sem seguir algumas etapas fundamentais, pode ser um “tiro no pé” e você acabará perdendo um tempo considerável sem obter resultados efetivos.

A ideia aqui é dar algumas dicas para que possa criar um fluxo de automação de marketing eficiente e sustentável.

1 – Comece pelo começo.

O primeiro passo é definir algumas coisas básicas como Brand Persona e Jornada de compra. É no começo do projeto que você também define suas metas e KPI’s.

Saber quem é seu público, entender o caminho que ele percorre até a compra e quais são seus objetivos com aquele trabalho, fará toda a diferença na hora de pensar na sua automação de marketing.

Outra coisa importante nessa etapa inicial é pensar em um fluxo simples.

Não queria criar algo muito complicado logo no inicio, um material educativo e de 3 a 4 e-mails para cada etapa já deve ser suficiente para analisar resultados e com o passar do tempo incluir novos conteúdos nessa jornada.

Para saber mais sobre Brand Persona e Jornada de compra, acesse os links abaixo:

Brand Persona

Jornada de Compra

Baixe aqui uma planilha que irá te ajudar a definir sua brand persona

2 – Organize-se.

Ter um planejamento claro e que contemple todas as etapas iniciais é muito importante para a efetividade de seus projetos de automação de marketing.

É preciso muito atenção na montagem do seu projeto para não deixar escapar detalhes que lá na frente farão toda a diferença.

O acompanhamento de cada uma dessas etapas é essencial para um projeto bem estruturado.

Baixe aqui uma planilha que irá te ajudar com isso.

3 – Defina seus conteúdos e materiais ricos pensando na jornada de compra.

Essa etapa é fundamental.

É a hora de ser relevante e entender quais são os conteúdos ideais para cada etapa da jornada.

O primeiro passo é identificar quais são os materiais e conteúdos que você já tem, analisar em qual etapa se encaixam e verificar se existe alguma em que será necessário criar novos materiais ricos ou conteúdos.

Pense sempre em ajudar seu consumidor a sanar as dúvidas que aparecem durante a jornada de compra. Cada etapa exige um tipo de conteúdo específico para solucionar as dores referentes a ela.

Depois de demonstrar essas soluções ao seu consumidor, você parte para a próxima etapa e para os próximos conteúdos.

Com os materiais ricos não é diferente. É preciso tomar cuidado para não entregar materiais irrelevantes e que não ajudem o seu consumidor.

Resumindo, defina para cada produto que você oferece, uma solução e um problema relacionados, depois disso, defina quais conteúdos podem ajudar a resolver esse problema ou oferecer algum tipo de solução.

Um detalhe importante

Outro ponto importante: Para cada problema se deve criar um fluxo.

Não tente resolver todas as dúvidas e dores do seu consumidor em um único fluxo, afinal esses conteúdos devem ser úteis, diretos e esclarecedores para que realmente ajudem a sanar essas dores.

Falar de muitas coisas no mesmo fluxo, pode dispersar a atenção de quem você trouxe para ele através de conteúdos específicos na etapa de aprendizado e descoberta.

Seja objetivo e resolva um problema de cada vez e se no meio do caminho identificar uma outra dor ou problema que seu potencial cliente possui, crie um outro fluxo para sanar isso.

No link abaixo você encontrará um material para construir e organizar seus conteúdos e materiais ricos tendo em vista cada etapa da jornada de compra

Planejamento de automação de marketing

4 – Pense nos canais da atração que irá usar.

Pronto, você definiu sua persona, sua jornada de compra e seus objetivos. Também organizou um cronograma passando por todas as etapas do planejamento.

Definiu seus conteúdos e materiais ricos e agora está pronto para começar seu fluxo de automação de marketing. Tudo pronto, certo?

Mais ou menos.

Agora só falta uma coisa: Atrair pessoas interessadas no seus conteúdos e materiais ricos para captar esses leads.

Vamos lá. Sabemos que o principal objetivo do Inbound Marketing é crescer sua base de leads e fazer com que ela evolua até a etapa de decisão de compra de forma orgânica, mas isso não quer dizer que você não deve fazer mídia.

Você pode optar por ter um crescimento totalmente orgânico, mas isso trará um resultado a longo prazo. Não é fácil criar relevância orgânica nos mecanismos de buscas como Google, Yahoo, Bing e etc.

Isso leva tempo e tempo também é dinheiro.

A mídia paga é ótimo um caminho para acelerar a captação de leads.

Por isso, uma campanha de mídia online pode ser uma ótima ferramenta para alavancar a captação de leads e conseguir coloca-los em seu fluxo de automação de marketing.

Pense em divulgar seus materiais ricos e educativos, que são as soluções para dores e problemas que seu consumidor está sofrendo.

Apresente esse materiais, capte o lead e faça com que ele perceba que você é uma solução para aquilo que ele está passando.

Não necessariamente um lead irá entrar no seu fluxo de automação na primeira etapa de aprendizado e descoberta, ele já pode está no momento de consideração do problema ou até mesmo na etapa de decisão de compra.

Por isso, monte campanhas para cada um dos materiais ricos de cada etapa, traga fluxo de visitantes para seu site e capte esses leads para que possa apresentar suas soluções e conteúdos que o ajudam a resolver suas dores, dúvidas, problemas ou necessidades.

5 – Analise seus resultados

Dentre os vários fatores positivos que o marketing digital oferece as empresas que querem investir na internet, o principal deles é mensurar com bastante clareza seus resultados quase em tempo real.

Analisar esses resultados irá permitir que consiga ajustar as rotas do seu fluxo de automação de marketing ou realizar melhorias em determinada etapa da jornada de compra.

Existem algumas métricas principais para saber se sua automação de marketing está funcionando.

Por exemplo:

  1. Taxa de abertura e cliques dos seus e-mails;
  2. Quais Materiais Ricos mais convertem leads;
  3. Quantos desses leads viraram clientes;
  4. Custo por aquisição de cliente (CAC);
  5. Aumento das visitas do seu site;
  6. Páginas mais acessadas do seu site;
  7. Principais fontes de tráfego;
  8. Principais palavras chaves.

Essas e outras métricas podem ser analisadas e trazerem informações valiosas para a continuidade do seu projeto. Fique atento a elas.

No link abaixo você encontrar um ótimo modelo de relatório que irá te dar um direcionamento completo de como construir uma boa análise de resultados.

Relatório Inbound Marketing 

Esses são alguns dos passos principais para se iniciar um fluxo de automação.

Espero ter ajudado a entender melhor como pode organizar a criação do seu fluxo de automação de marketing.

Até a próxima!